Sociedade Brasileira de Reumatologia realiza primeiro encontro multidisciplinar para profissionais de saúde

Com o objetivo de transmitir conhecimento específico sobre as diferentes doenças reumáticas  a profissionais de saúde de diferentes áreas e incentivar a troca de experiências,  a Sociedade Brasileira de Reumatologia organiza o seu  Primeiro Encontro Multiprofissional, que será realizado durante  a Jornada Rio-São Paulo de Reumatologia, que acontece em São Paulo (Hotel Maksoud Plaza), de 14 a 16 de março próximo.

As doenças reumáticas – popularmente chamadas de “reumatismos” – afetam cartilagens e articulações, provocam dor crônica e podem levar à deformidade física e  limitação dos movimentos. Podem acometer também órgãos internos, como rim e coração, e a maioria pode ter componente imunológico. Apesar de mais conhecida por ser mais frequente entre pessoas mais velhas, as doenças reumáticas podem acometer crianças, jovens, homens e mulheres em qualquer idade.

São mais de 120 doenças, que podem ser classificadas como reumáticas, a maior parte tem inicio semelhante (dor, inflamação e inchaço nas articulações), mas que seguem cursos diferentes e podem requerer Intervenção  de diferentes profissionais de saúde. As doenças reumáticas acometem crianças, jovens adultos, homens e mulheres e podem levar à incapacidade física.

“O I Encontro Multidisciplinar da SBR é dirigido a fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, enfermeiras, psicólogos, nutricionistas, educadores físicos e também a reumatologistas, que nos trazem amplo conhecimento e vivência no dia a dia na recuperação dos pacientes e vamos também disseminar nosso conhecimento sobre cada etapa das doenças,  as melhores oportunidades de resolução, tendo a qualidade de vida e o bem estar dos pacientes como nossa prioridade”, afirmou o presidente da sociedade médica, o reumatologista José Roberto Provenza.

Estratégias Terapêuticas –  Além de sediar o I Encontro Multidisciplinar de Profissionais de Saúde, a SBR abordará durante a Jornada Rio – São Paulo  atualizações   na abordagem terapêutica de doenças reumáticas, como artrites e artroses (umas das mais frequentes), mas também doenças que a população desconhece seu caráter reumático como uveítes,  Vasculites e Gota, entre outras.  “Quanto mais precoce o diagnóstico, melhor é o prognóstico para a doença e maior a qualidade de vida do paciente, que pode manter-se produtivo e ativo. As doenças reumáticas têm tratamento e podem ser controladas”, completa Dr. Provenza.

A Jornada Rio São Paulo é realizada em parceria da SBR com as Sociedades de Reumatologia do Rio e São Paulo.

A Sociedade Brasileira de Reumatologia, que  completa 70 anos de atividades em 2019,  é uma associação civil científica, sem fins lucrativos, que tem por objetivo promover o desenvolvimento científico e da especialidade no Brasil. Hoje, conta com cerca  de 2 mil associados, distribuídos em 24 sociedades regionais estaduais e mantém assessorias e comissões científicas por áreas de especialidade, além de representações em associações médico-científicas nacionais e internacionais e junto ao Ministério da Saúde.

A SBR é responsável pela certificação de especialistas em reumatologia, área médica que engloba quase 120 doenças inflamatórias crônicas. É filiada à  AMB – Associação Médica Brasileira que, em 2018, outorgou à SBR certificado de boas práticas em gestão.

Para mais informações, acesse www.reumatologia.org.br e siga suas ações, iniciativas e novidades.

Fonte: SBR – Sociedade Brasileira de Reumatologia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *