Osteoporose Secundária Parte II

Por Higia Faetusa

Estudos preliminares observados pelo Colégio Americano de Reumatologia e pela Sociedade Brasileira de Reumatologia demonstraram que tratamentos com determinados medicamentos, induzem a osteoporose.

Em edição anterior, foi comentado sobre os efeitos dos glicocorticoides, hoje acrescentamos a terapêutica de deprivação hormonal, onde drogas receptoras do hormônio liberador de gonatrofinas (GNRHa), são usadas para o tratamento de neoplasias dependentes de hormônio como as de próstata e mama e também em algumas condições benignas como a endometriose.

O estudo detectou que, homens acima de 66 anos de idade com diagnósticos de câncer de próstata apresentaram 6% mais fraturas, quando tratados com o medicamento, enquanto mulheres na pré-menopausa com câncer de mama apresentaram perda significante de massa óssea. E perda rápida e intensa de densidade de massa óssea em terapêutica prolongada com GNRHa na endometriose. Diagnóstico provocado devido ao efeito inibitório da secreção hormonal sexual ou de sua atividade, cujo principal fator é a regulação da modelação óssea.

As drogas ativas no sistema nervoso central, como anticonvulsivantes, podem promover aumento no catabolismo da vitamina D e, portanto, diminuição da absorção de cálcio e hiperparatiroidismo secundário, um problema como insuficiência renal que desequilibra as glândulas paratireoides, quanto ao controle de cálcio e fósforo no organismo.

O estudo mostrou que o uso de antidepressivos está associado ao aumento do risco de fratura no quadril em homens e mulheres acima dos 50 anos de idade. Enquanto que o uso de antipsicóticos, utilizados no tratamento da esquizofrenia, podem causar hiperprolactinemia e secundariamente diminuir os níveis de estrógeno e testosterona, apresentando riscos de fratura limitados por pequeno número de pacientes.

Anticoagulantes, como antagonistas da vitamina K, heparina e tiroxina (supressora total ou parcial do hormônio estimulador da tireoide e inibidora da recorrência de neoplasias desta glândula) foram associadas à diminuição de massa óssea.

 Em um estudo observacional de quatro anos em pacientes diabéticos (tipo2) entre 70 e 79 anos, as glitazonas, cujo efeito é antidiabetogênico, mostrou perda óssea significante no corpo total, coluna lombar e trocanter (osso sustentador do glúteo médio) das mulheres, mas não dos homens.

Alguns diuréticos, principalmente os chamados de alça podem afetar a massa óssea por aumento da excreção renal de cálcio ou por alteração no ritmo de secreção do paratormônio (PTH), que atua aumentando a concentração sérica de cálcio e diminuindo a de fosfato.

Portanto, diante de tratamentos mais extensos com alguns desses medicamentos citados, há a necessidade do médico indicar e prescrever suplementação com cálcio,  na forma de: vitamina D; bisfosfonatos: alendronato, risedronato, ibandronato, ácido zoledrônico; ranelato de estrôncio; raloxifeno; calcitonina ou teriparatida (PTH 1-34). Orientação que o paciente seguirá se obedecer à reavaliação detectada por exames clínicos, a fim de detectar possíveis alterações durante período constante do uso de alguns medicamentos.  

 

 

 

 

2.029 thoughts on “Osteoporose Secundária Parte II

  1. 군산출장마사지 says:

    Attractive component to content. I just stumbled upon your weblog and in accession capital to claim that I get in fact
    enjoyed account your weblog posts. Anyway I will be subscribing for your feeds or even I success you access consistently fast.

  2. 의왕콜걸 says:

    What i don’t understood is if truth be told how you are no longer actually
    a lot more neatly-appreciated than you may be now. You are so intelligent.
    You know thus considerably in the case of this topic, made me in my view imagine it from numerous various angles.

    Its like women and men aren’t involved until it is something to do with Lady gaga!
    Your individual stuffs outstanding. All the time
    care for it up!

  3. 군산출장업소 says:

    Hi there! I just wanted to ask if you ever have any
    trouble with hackers? My last blog (wordpress) was hacked and I
    ended up losing months of hard work due to no
    backup. Do you have any methods to stop hackers?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *